Pesquisa Avançada

Padrões alimentares podem estar associados ao risco de desenvolvimento de cancro colo-retal

Padrões alimentares podem estar associados ao risco de desenvolvimento de cancro colo-retal

A relação entre os padrões alimentares mais frequentes e o cancro colo-retal mantém-se consistente entre vários estudos com diversas populações e os investigadores deste estudo canadiano procuraram avaliar se os padrões alimentares de um grupo populacional canadiano também se encontravam associados com o risco de desenvolvimento de cancro colo-retal.

Os investigadores recolheram dados de um estudo de caso-controlo da província de Newfoundland e Labrador, com inclusão de 506 indivíduos com a patologia (306 homens e 200 mulheres) e 673 controlos (400 homens e 273 mulheres), com idades entre os 20 e os 74 anos. Os hábitos alimentares foram avaliados através de um questionário de frequência alimentar com 169 itens. Através da análise fatorial chegaram-se a três grandes padrões alimentares entre esta população: o primeiro à base de carne; o segundo à base de alimentos de origem vegetal; e um terceiro rico em açúcar. Combinados, estes três padrões alimentares explicaram 74% da variação total da ingestão alimentar. Os resultados sugeriram que a dieta à base de carne e a dieta à base de açúcar aumentam o risco de desenvolvimento de cancro colo-retal, enquanto uma dieta à base de alimentos de origem vegetal diminui esse mesmo risco.

 

Fonte: Nutr J. 2015 Jan 15;14(1):8. [Epub ahead of print] Dietary patterns and colorectal cancer: results from a Canadian population-based study. Chen Z, Wang PP, Woodrow J, Zhu Y, Roebothan B, Mclaughlin JR, Parfrey PS.

Voltar

Últimas Notícias

Relacionadas

Aguarde...